Em clima de emoção, Prefeitura entrega mais dois Meu Campinho: Tropical e Águias

Em clima de emoção, Prefeitura entrega mais dois Meu Campinho: Tropical e Águias

  • Categoria: Arapongas
  • Postado em: 11-09-2021

A Prefeitura de Arapongas inaugurou na tarde desta sexta-feira, 10, mais duas unidades do projeto Meu Campinho. O primeiro deles foi o do Conjunto Tropical; com investimentos de R$ 328 mil, e que leva o nome de Valtemir Pereira de Souza, o “Terninho”. A segunda unidade foi inaugurada no Conjunto Águias, com investimentos de R$ 393 mil, e que homenageia Jorge Carlos dos Santos, conhecido por “Carioca”. Ainda neste bairro, o Centro Comunitário também recebeu melhorias e passará a ser um espaço dedicado a cursos profissionalizantes. Somados os recursos totalizam R$ 721 mil, oriundos do Governo Estadual. 
As duas novas unidades do projeto “Meu Campinho” tendem a fortalecer e incentivar a prática esportiva, facilitando o acesso da população. Os espaços contam com campo de futebol em grama sintética, playground com piso emborrachado, iluminação em LED, bicicletário, bancos de repouso e lixeiras. Os campos de futebol têm grama sintética, alambrado, rede de cobertura em polietileno, estacas em concreto armado e traves com redes. 
O prefeito Sérgio Onofre falou sobre a emoção de poder dedicar espaços públicos e de qualidade para a população, além de homenagear pessoas da comunidade que deixaram marcas importantes para o esporte.  “Hoje é um dos dias mais especiais da nossa gestão. Inaugurar duas novas unidades do Meu Campinho, projeto espetacular que veio junto com o governador Ratinho Jr, quando ainda era secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná. Além disso, a emoção de poder nomear cada um desses lugares com nome de trabalhadores queridos e que deixam saudades até hoje: como o Terninho e o Carioca. Pessoas simples, honestas e que sempre acompanharam nossa jornada. O esporte foi uma paixão comum entre estes dois homens”, disse.
O secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, reforçou a importância das unidades esportivas para os municípios do Paraná. “O Meu Campinho é um projeto de inclusão e de incentivo para a prática de esportes. Um local que reúne as famílias, amigos e a comunidade. Arapongas merece mais esse investimento”, salientou. Ortega reforçou ainda a vinda de mais duas unidades do Meu Campinho: a de Aricanduva e do Cj. Colúmbia. 
Para o deputado estadual Tiago Amaral, são novos investimentos que fortalecem ainda mais Arapongas dentro do cenário estadual. “Tenho acompanhado de perto a evolução de Arapongas, com recursos que partem do Estado. Poder fazer esta ponte é importante e muito gratificante”, frisou. Em cada uma das inaugurações, familiares dos homenageados receberam um vaso de flores entregue pela secretária de Governo, Lúcia Golon. 
Também participaram o vice-prefeito, Jair Milani, os secretários de Administração, Beto Siena, Meio Ambiente, Renan Manoel, Assistência Social, Ismailda Ferreira de Lima da Silva, Cultura, Geison Cortez, Educação, professor Peta, Esporte, Altair Sartori, Saúde, Moacir Paludetto Jr, Segurança Alimentar, Niele Melo, Segurança, Paulo Argati, procurador jurídico, Rafael Cita, presidente da Câmara, Rubens Franzin Manoel, e demais vereadores, além de representantes das Lojas Maçônicas, Lions Clube, Codar e outras entidades. 

SAIBA MAIS SOBRE OS HOMENAGEADOS:


MEU CAMPINHO TROPICAL “Valtemir Pereira de Souza” 

- Valtemir Pereira de Souza, o “Terninho”, é filho de Dari Pereira e Maria de Souza. Ele nasceu em 05/06/1954, na cidade de Arapongas
- Começou a trabalhar muito jovem, ajudando seu pai nas atividades rurais
- Mais tarde, ficou conhecido carinhosamente por “Terninho”, apelido que recebeu quando começou a trabalhar na Alfaiataria Lusitana, onde costurava ternos. Após uma publicação na Revista da Cidade, em que aparecia usando belos ternos, seus amigos começaram a chamá-lo por este apelido 
- O futebol foi sua grande paixão desde os tempos da infância, sempre marcando seus finais de semana
- Ele confraternizava com todos, sempre com bom humor e empatia.  Viveu momentos de muita alegria e também de tristeza, mas nunca deixou o seu time do coração, o Corinthians!
- Terninho sempre cultivou bons amigos por onde passou e em toda sua trajetória profissional e pessoal deixou ótimas lembranças e grande exemplo de humildade e solidariedade ao próximo
- O Vovô Terno, como era chamado na família, passou ótimos momentos com seus netos Matheus e Heitor. Sua esposa, Eva Bonin de Souza, os filhos Tomé e Tatiane e sua mãe Maria de Souza sempre carregarão ótimas lembranças dos momentos em que passaram juntos
- Falecei no dia 20/05/2021, de Covid-19
 - Todos que o conheceram se lembrarão de sua alegria, da sua paixão pelo futebol, pela família, pelos amigos e pela vida!

MEU CAMPINHO ÁGUIAS “Jorge Carlos dos Santos”

- Jorge Carlos dos Santos, o “Carioca”, nasceu no dia 12/07/1961 em Muriaé/MG
- Com um ano de idade, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde cresceu e começou a jogar futebol nas categorias de base dos times do interior. Carioca tornou-se profissional no futebol e jogou em aproximadamente 10 times em toda sua carreira
- Teve grandes feitos no Sport Clube de Recife (Campeão de Pernambuco) e no Bangu Esporte Clube, tendo o privilégio de ficar com a segunda colocação do Campeonato Brasileiro, perdendo para o Coritiba em 1985. Teve passagens pelo Café F.C, Londrina. E. C. Em 1986, chegou a Arapongas para defender o Arapongão
- Aqui, Carioca conheceu a sua amada, Sonia Morilla dos Santos. Desse amor, nasceram os filhos Jean e Jader 
- Sua história com o Arapongão não parou. Em 1989, sagrou-se vice-campeão e conseguiu o acesso para a 1ª. Divisão pela primeira vez
- Após uma lesão, teve passagens por times menores do interior do Paraná. Profissionalmente, aposentou-se e começou a jogar pelo amador, onde teve grande êxito. Carioca se destacava com sua força física, garra e velocidade que, como lateral esquerdo, defendia e avançava para atacar 
- Em 1992, decidiu se especializar na área de mecânica industrial, trabalhando em grandes empresas em nossa cidade
- Carioca constituiu sua família aqui, por amor à Cidade dos Pássaros, pela amizade que formou no decorrer de sua trajetória como jogador e mecânico industrial, com seu jeito cativante, honesto e humilde. Um homem de pequena estatura, mas de um coração enorme
- É esse o Legado que Carioca nos deixou: um exemplo de homem, marido, pai, amigo e profissional.
- Faleceu em 24/12/2020, em decorrência de um acidente de trabalho.


Compartilhar!


Warning: Use of undefined constant php - assumed 'php' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/wwyradiobraponga/public_html/post.php on line 316