Bairros recebem carro fumacê em combate à dengue

Bairros recebem carro fumacê em combate à dengue

  • Categoria: Arapongas
  • Postado em: 11-05-2022

A Prefeitura de Arapongas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, segue intensificando as ações de combate ao mosquito da dengue (Aedes Aegypti); também causador da zica e chikungunya. Nesta terça-feira, 10, equipes do Controle de Endemias passaram com a pulverização de UBV costal (fumacê), na região do Jardim Aeroporto. Outros bairros já receberam os serviços: Conjunto Flamingos; São Raphael (1 ao 6); Del Condor; Cj. Águias e Nossa Senhora das Graças. O cronograma vai atender também: Vila Araponguinha; Vila Sampaio; Jardim Novo Horizonte; Jardim do Sol; Casa Grande 2; Vila Bernardes; Jardim Santo Antônio; Conj. Ulisses Guimarães; Casa Grande 1; Jardim Baronesa; Santa Efigênia;  Conjunto Centauro 1/2/3; Jardim Petrópolis; Vale das Peróbas 1 e 2;  Jardim Interlagos 1 e 2;  Conj. Corina Pugliesi e Conj. Residencial Araucária.

O coordenador do Controle de Endemias, Valdecir Pardini, reforça para a atuação conjunta da população. “ Esta deve ser uma mobilização de toda a sociedade. Os números ainda são altos e, as medidas de prevenção ajudam no combate da doença. Pedimos o apoio de cada morador. Eliminem os focos de água parada, denunciem irregularidades. Juntos podemos diminuir os índices da dengue em Arapongas”, reforça. A atualização do Boletim Epidemiológico da dengue deve ser divulgada nesta quarta-feira, 11. AÇÃO EDUCATIVA – Na última semana, alunos da Municipal Drª Maria Hercília Horácio Stawinski, na região da Zona Sul, realizaram uma passeata de conscientização pelas ruas. Com entrega de panfletos, os alunos da disciplina cívico-militar orientaram motoristas e pedestres, com o auxílio de professores e instrutores. O ato contou com o apoio da Guarda Municipal de Arapongas (GMA).

PARANÁ

De acordo com o último boletim da dengue publicado na semana passada pela Sesa, dos 374 municípios que registraram notificações de dengue (93,7% do Estado), 309 já confirmaram a doença (77,4%). O informe registra ainda 109.574 casos notificados no Paraná e nove óbitos desde novo período sazonal da doença, que iniciou no dia 1º de agosto e segue até julho de 2022.

Diante desse cenário, diversas outras ações serão realizadas até o dia 31 de maio nas Regionais de Saúde.

 


Compartilhar!